Agora são Horas e Minutos - Este blog está sendo encerrado! Pesquise os temas que tiver interesse ainda aqui mas visite-nos no novo blog: catolicosomos.blogspot.com, esperamos por você lá! Todas as publicações serão aos poucos transferidas para o novo blog.

domingo, 13 de abril de 2008

Sacramentos / Confissão


Iniciamos no mês passado uma enquete sobre a confissão aqui no blog, onde a pergunta era: Confessa-se com freqüência? - e cada um podia responder: mensalmente ou mais - a cada seis meses - a cada ano - raramente - nunca.


Fiquei muito feliz ao constatar que 61% dos leitores do blog que responderam, estão entre o "mensalmente" e "a cada ano". Sabemos que é um mandamento da Igreja que confessemos nosso pecado pelo menos uma vez ao ano: Pela Páscoa. Mas ainda temos os que responderam como "raramente" e "nunca".


Interessante que conheçamos um pouco mais desse maravilhoso Sacramento, que muitos não compreendem. Mas antes, vamos entender o que é Sacramento:


Sacramento é o sinal visível e sensível da presença de Deus. O que isso quer dizer?


Jesus, em sua Infinita bondade, subiu ao Pai após sua morte e ressureição, e disse "eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo". Mas... Ele sabia que somos tão limitados, que precisamos, como Tomé, ver, sentir... e deixou os maravilhosos sacramentos.


Vamos entendê-los então: a graça de Deus não é visível e sensível na maioria das vezes (no sentido de ver e tocar)... então, pelo sacramento, temos o toque, a sensação, a visão. E junto com isso, vem a graça.


Quando eu me confesso, o Padre que me ouve (visível e sensível) está no lugar de Jesus (que não vejo nem sinto). Quando recebo a imposição de suas mãos (visível e sensível), recebo a graça do perdão dos pecados (que não vejo nem sinto, mas que está acontecendo, e eu sei pela fé).


Os sacramentos são sete: Batismo, Eucaristia, Confissão, Confirmação ou Crisma, Matrimônio, Ordem, Unção dos Enfermos.


Em todos eles, existe a graça de Deus, e em todos temos o toque, a sensação, a visão do sinal, que vem junto com a graça de Deus.


Mesmo tendo passado aquele momento que todos buscam a confissão com maior afinco (quaresma), se você não se confessou, ou se confessou e está sentindo novamente a necessidade, procure o padre de sua paróquia, ou daquela mais próxima de você.


O padre recebeu do próprio Jesus o poder de perdoar os pecados. Existem pessoas que passam a vida toda se culpando, sofrendo por algo que cometeram... sendo que podem buscar na fonte de Água Viva o perdão por seus pecados.


Lembre-se que a confissão é uma graça que temos em nossa Igreja Católica, basta que a busquemos.


Pra terminar, um pedaço de uma música do Dunga, da Canção Nova:


"Pare de se maltratar,

não queira aos outros culpar,

Diga: Por hoje não!

Por hoje eu não vou mais pecar!

Estenda a sua mão

E abra o seu coração

Volta pro Teu Senhor

E se abra à restauração

Com Cristo você vai superar

Todas as barreiras passar

Todo o pecado vencer

Um novo Homem vai nascer!!!!"




Nessa semana, aproveite para reconciliar-se com Deus e contigo mesmo!


Uma boa semana! Que Deus abençõe!

João Batista

Ecclesiae Dei


2 comentários:

Manuela disse...

Amigo tenho uma proposta no meu blog para si.

Se quiser vá até lá.

Obrigado boa Semana.

Manuela

gaivota disse...

meu amigo, venho retribuir a visita e bem que preciso de grande benção nesta semana...
beijinhos