Agora são Horas e Minutos - Este blog está sendo encerrado! Pesquise os temas que tiver interesse ainda aqui mas visite-nos no novo blog: catolicosomos.blogspot.com, esperamos por você lá! Todas as publicações serão aos poucos transferidas para o novo blog.

domingo, 6 de abril de 2008

O Terço




Há algum tempo atrás, coloquei uma enquete no blog, e vi que muitas pessoas não rezam o terço, ou o rezam raramente.



Pensando nisso, busquei uma forma explicar melhor essa oração, para que todos, conhecendo a grandeza e magnitude dessa prática, a busquem com maior empenho.






Uma boa leitura! Que Nossa Senhora do Rosário nos abençõe!






Significado do Terço e do Rosário






Terço significa uma das três partes do Rosário(hoje não mais e sim a quarta parte devido o acréscimo dos Mistérios luminosos). Rosário é um ramalhete ou um canteiro de rosas. Quando queremos manifestar amor e carinho a alguém, não consideramos que a melhor forma seja oferecendo-lhe flores? Pois bem, Maria mãe de Jesus é a flor universal e a ela se oferecem rosas através da oração. Cada "Pai Nosso" e cada "Ave Maria", recitados com fé, são rosas oferecidas à divina flor que é Maria.






Origem do Terço






A oração do terço teve sua origem no século IX. Ela surgiu como alternativa à Liturgia das Horas criada pelos monges irlandeses. Esta Liturgia compreende a recitação dos 150 salmos bíblicos em diversos períodos do dia.



Um certo monge sugeriu aos fiéis que substituíssem os salmos, difíceis de ser decorados, por 150 orações do "Pai Nosso". Para contar as orações começaram a utilizar pedrinhas , depois passaram a usar uma cordinha com um cento e meio de nós. Mais tarde enfiaram na cordinha pedacinhos de madeira . Depois dividiram em três o número dos pedacinhos colocados na cordinha, surgindo então o terço do rosário. Mais tarde foram introduzidas, entre os "Pai Nossos", as orações da "Ave Maria". Depois trocaram os "Pai Nossos" pelas "Ave Marias". Em 1365 colocaram um "Pai Nosso" a cada 10 "Ave Marias" e em 1470 introduziram pensamentos que deveriam ser recitados a cada "Ave Maria".



Somente em 1700, São Luís Grignon de Monfort escreveu meditações a serem pronunciadas antes de cada mistério.






Algumas pessoas não aprovam a oração do terço, outras não gostam ou preferem outra maneira de conversar com Deus, mas uma coisa não podemos negar: esta oração com certeza tem muita força, pois certas práticas aparecem e desaparecem e esta forma simples tem permanecido bastante popular por muitos anos. No mundo somente sobrevive o que é comprovadamente eficaz e a oração do terço tem sido um instrumento importante e eficiente para muitas pessoas que buscam a Deus no seu dia a dia.






Padre Aberio Christe




História do Terço




Em 1328, Nossa Senhora apareceu a São Domingos, recomendando-lhe a reza do Rosário para a salvação do mundo.Nasceu assim a devoção do Rosário, que significa coroa de rosas oferecidas a Nossa Senhora.






Os promotores e também divulgadores desta devoção foram os Dominicanos, que também criaram as Confrarias do Rosário.






O papa Dominicano Pio V animou vivamente a prática da recitação do Rosário, que, em breve, se tornou a oração popular predileta da cristandade.






Esta devoção tem o privilégio de ter sido recomendada por Nossa Senhora em Lourdes, na França, e em Fátima, Portugal, o que depõe em favor de sua validade em todos os tempos.






O terço pode ser rezado individual ou coletivamente. É uma das mais queridas devoções a Nossa Senhora. Aparecendo em Fátima, ela pediu: "Meus filhos, rezem o terço todos os dias."






O terço que consiste em 50 ave-marias intercaladas por 10 padre-nossos se mantém desde o pontificado do Papa Pio V (1566-1572), que deu a forma definitiva ao terço que conhecemos hoje.






Quanto às meditações, ressaltamos, porém, que até o ano de 2002, cada Rosário, que era composto de três terços (150 ave-marias) passou a ser composto de quatro terços (portanto, 200 ave-marias no total).






Foi quando o Papa João Paulo II inseriu aos mistérios existentes ( gozosos, dolorosos e gloriosos), os mistérios "luminosos" que retratam a vida pública de Jesus.






O Papa João Paulo II, devototíssimo de Nossa Senhora e talvez um dos maiores Papas marianos da história, inaugurou uma nova era de devoção a Maria, dando especial atenção à forma física e contemplativa do Rosário ao inserir a meditação desta importante fase da vida de Jesus, ou seja, a contemplação dos mistérios luminosos.






A devoção ao Santo Rosário sempre foi renovada e enaltecida Romanos Pontífices, como vemos na vida dos Papas e na história da Igreja.






Meditações do Terço






Grande tesouro de fé, em síntese, guarda assim as meditações dos mistérios:






1 - GOZOSOS - Anunciação do Anjo à Nossa Senhora até Jesus, entre os doutores da lei



2 - LUMINOSOS - Batismo de Jesus no Jordão até a Instituição da Eucaristia



3 - DOLOROSOS - Agonia de Jesus no Horto até a sua crucificação e Morte



4 - GLORIOSOS - Ressurreição de Jesus até a Coroação de Nossa Senhora como Rainha dos Céus e da Terra









Felizes aqueles que rezam o terço: em família, em pequenos círculos, durante seus trajetos, ou em qualquer momento disponível"
Cardeal Dom Eusébio Scheid






Fontes:















6 comentários:

Paulo disse...

Como é bom orar com o terço.

Evelyn Mayer de Almeida disse...

É... faz um bom tempo que não rezo o Santo Terço...

Como preciso retornar à esta antiga e salutar oração...

disse...

Olá querido amigo!

Bom esse post, há muitas pessoas que não sabem o valor que tem a oração do terço, bom tambem fazer o santo Rosário pelo menos uma vez ao mês...
Passando para lhe desejar feliz e sempre em paz na semana que se inicia!!!
Abraços com carinho!

Maria João disse...

Mesmo quando não achamos que seja a oração que mais nos agrada, pensemos que foi um pedido da nossa Mãe... Como podemos recusar?


beijos em Cristo e Maria

Anônimo disse...

Salve Maria.

Só uma correção: a aparição de Nossa Senhora a São Domingos, não foi lenda, foi fato real mesmo, reconhecido pela Santa Igreja.

Já pensou se um protestante pega esse post??? Vai sair gritando por aí que nó católicos rezamos o terço por caisa de uma lenda...

abs

João Batista disse...

Obrigado, amigo anônimo. Já corrigi a publicação.
Abraços!
João Batista - Ecclesiae Dei