Agora são Horas e Minutos - Este blog está sendo encerrado! Pesquise os temas que tiver interesse ainda aqui mas visite-nos no novo blog: catolicosomos.blogspot.com, esperamos por você lá! Todas as publicações serão aos poucos transferidas para o novo blog.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

SOU CATÓLICO


Quando alguém te pergunta: "Qual a sua religião?" Qual é sua resposta?

Para a maior parte da população brasileira, a resposta automática é: "sou católico".


Pois é... só que não é essa maioria que vive os ensinamentos católicos. Nesse ponto, vejo que nossos irmãos evangélicos são muito mais coerentes que a grande maioria católica, que se diz católica e não segue os ensinamentos da Santa Igreja. Eles, os evangélicos, seguem o que sua congregação diz.


As tais "católicas pelo direito de decidir" são um exemplo muito conhecido disso... como assim direito de decidir? Todos o têm, ninguém é obrigado a ser católico. Podem decidir sim, sobre matar ou não seu filho (que é o que elas pleiteiam), mas... então não se denomine católico, porque O CATÓLICO NÃO MATA. Não só porque é católico, mas qualquer religião não mata, pois é bíblico o mandamento do "Não matar".


Ah... sou católico mas não concordo com isso... com aquilo... não vou à missa... não concordo com o Papa... então, meu caro, você não é católico, e não há mal nenhum em assumir isso - você tem o direito constitucional de escolher sua religião, mas convenhamos, não permaneça naquilo que não acredita, somente para atrapalhar quem acredita. Você tem o direito de ter suas opiniões contrárias, então vá viver sua vida. Assim como você tem o direito de não concordar com o pensamento católico, eu tenho o direito de viver esse pensamento.


Quantas vezes ouvimos que a Igreja é retrógrada, ultrapassada, e tal... quando o Papa Bento veio ao Brasil, o Movimento Gay foi fazer passeada... acho engraçado, se a Igreja é ultrapassada, deixe-a ser ultrapassada, qual o interesse dos gays terem a aprovação do Vaticano? Se a Igreja é tão ultrapassada, então viva sua vida, sem se preocupar com a posição dela a respeito.


Posso estar sendo duro nas palavras, mas é a mais pura verdade. Tem gente que nunca pisou numa igreja, que faz tudo ao contrário do que está no Catecismo, e diz que é católico. Parece até um título... todo mundo usa, independente de como vive, independente de seus conceitos e história de vida.



Convido a cada um a repensar seus conceitos, sua religião, aquilo que acredita. Você é Católico porque alguém da sua família era e por tradição te batizaram quando você nasceu? Ou você ama e segue os ensinamentos da Santa Igreja?


Deixemos a hipocrisia de lado, e sejamos verdadeiros e coerentes.


Desculpem o desabafo!


Paz e Bem


Ecclesiae Dei

3 comentários:

Paulo disse...

Antes de ser católico, sou Cristão acima de tudo, sigo Cristo..com as minhas imperfeições.

Juliana disse...

Brilhante! Acho que todos deveriam pensa assim! Não teríamos tantas bagunças e contra-testemunhos em nossa igreja.

Andrea disse...

É isso aí, irmão! Católico "em cima do muro" é difícil! Sou católica por que escolhi este caminho, já que minha família é espiritualista ou católica meio desgarrada, sabe? Fui batizada bebêzinha, mas só vim fazer parte mesmo da Igreja há um ano e meio atrás. Estou muito feliz com isso!

Abraço e fica com Deus!